Fibrose Pulmonar

O que é a Fibrose Pulmonar

Eu tenho fibrose pulmonar?

Os primeiros sintomas da doença são tosse e falta de ar, mas pode ser um achado de exame, especialmente Tomografia Computadorizada de Tórax em pessoa assintomática. 

Quanto antes diagnosticada, melhor o prognóstico.

Como investigar?

A investigação pode variar de acordo com a doença e com o estado do paciente, porém, o prinicipal exame é a Tomografia Computadorizada de Tórax .

Outros exames são necessários para a investigação diagnóstica e prognóstica, como Prova de Função Pulmonar, exames laboratoriais específicos, exames cardiológicos e em alguns casos, biópsia pulmonar.

A Fibrose tem tratamento?

O tratamento varia de acordo com o tipo de fibrose e o grau que ele está afetando o paciente, podendo variar bastante, desde a observação clínica como tratamento com medicações específicas como imunossupressores e medicações antifibróticas. 

No caso específico da Fibrose Pulmonar Idiopática, existem medicações antifibróticas, que podem ser benéficas em casos específicos. 

Nos casos de outros tipos de fibrose, diversas delas têm indicação de tratamento com imunossupressores. 

Em caso de refratariedade ao tratamento, em pacientes selecionados, pode ser necessário suplementação de oxigênio e encaminhamento para transplante pulmonar.

Porém, as indicações e tratamento devem ser avaliadas por especialista na área, já que o tratamento adequado deve ser dado para cada tipo de doença.

Fibrose Pulmonar Idiopática 

A Fibrose pulmonar idiopática é uma doença progressiva, limitada aos pulmões. Grosseiramente falando pode ser considerada um "envelhecimento precoce" dos pulmões.

Ela deve ser investigada adequadamente, já que outros diagnósticos podem parecer bastante com a doença e têm tratamento totalmente diferente. 

Quando o diagnóstico correto é realizado, é indicado começar 

Existem mais de 200 tipos de fibroses pulmonares, com investigação, sintomas, tratamento e prognósticos diferentes.

Uma das doenças mais importantes e mais divulgadas é a Fibrose Pulmonar Idiopática. Esta doença é uma pneumopatia crônica, fibrosante, de caráter progressivo e limitada aos pulmões.

 

Seu prognóstico é bastante limitado, com poucos tratamentos disponíveis, mas seu diagnóstico é de exclusão, ou seja, é necessário excluir outras doenças e confirmar o diagnóstico

©  2018 Dr. Fábio Eiji Arimura CRM 139582-SP